Onde comprar álbuns de kpop com preço amigo? Sites Nacionais e Internacionais



Olá dorameeeeeeiros!

e capopeiros!



Hoje venho aqui trazer algumas das minhas experiências comprando álbuns de kpop tanto em lojas nacionais, internacionais ou de desapego de outras pessoas. Na verdade, basicamente só tenho álbuns do SHINee, o único que não é, é o do ToHeart, que nada mais, nada menos é um sub unit formada por WooHyun do Infinite e Key do SHINee, então não foge muito a regra...

Como vocês já devem ter percebido dãaaaaa sou muito fã do SHINee, e é basicamente o único grupo de kpop que eu acompanho de perto, gosto de outros grupos, mas membro de fandom só sou deles mesmo. Depois de uns dois anos que eu virei fã do grupo, passei a desejar ter vários produtos deles, e já estou comprando até artigos diferentes de álbuns, gosto muito de photobooks e recentemente comecei a investir nisso também.



Aliás, investimento é a palavra certa que define a compra de álbum de kpop, eles não são álbuns comuns que vêm numa capa fuleira com um encarte com 6 dúzia de fotos, não, eles são a coisa mais linda da face da terra, vem com photobooks, alguns chegando até 150 páginas, photocards autografados pelos ídolos, pôsteres... tanto que muitos colecionadores os têm para decoração mesmo, como no meu caso, e meus cds nunca foram tocados em nenhum lugar, eles são intactos, até os que eu comprei de desapego nunca foram tocados, sempre garanti isso na hora de comprar, daí fica a pergunta: mas compra só pra decorar mesmo? Eu sim, e muitos fãs também, porque com a tecnologia mais avançada do que nunca, você baixa/compra as músicas online, põe no pendrive pra ouvir no pc ou até nos aparelhos se som, já que todos hoje em dia tem entrada usb, ou simplesmente salva pra ouvir no celular, na minha opinião, não há necessidade de danificar os cds ouvindo, até porque, depois de algum tempo, os álbuns viram relíquias, como mangás, e se um dia você quiser vender, ou dar pra alguém, vai querer dar algo que funcione e a pessoa decide se manterá como intacto ou quer ouvir em qualquer outro lugar mesmo, eu só folheio os photobooks de vez em quando, assim como faço com meus mangás.


Humilde coleção, mas que crescerá em breve 😍




Tive algumas várias experiências comprando em lojas de álbuns de kpop, não tive nenhuma totalmente negativa, mas houveram alguns percalços que vou compartilhar com vocês, para que fiquem atentos quando pensarem em comprar em alguma loja, seja ela nacional ou internacional.



Eu prefiro comprar e lojas gringas, pois se você além de colecionador, quer apoiar seu grupo, quando você compra um álbum na pré-venda ou nos dias de promoções/divulgação do seu grupo, você o estará apoiando para subir posições nos charts, é importante verificar se a loja possui selo da Hanteo e ou Gaon, são esses os dois charts de vendas de álbuns físicos mais importantes da Coreia, e são eles que vão ajudar a garantir, dependendo da quantidade de álbuns vendidos, se o grupo que está apoiando vai disputar prêmios em Music Shows (M Countdown, Music Bank, Inkigayo, entre outros) se isso é sua intenção, se você tiver cartão internacional (ao final do post passarei uma forma fácil de comprar em lojas internacionais sem ter que pedir cartão internacional para os bancos) compre de lojas internacionais, pois elas já contabilizam nos charts logo na primeira semana de lançamento, independente de você ter recebido o álbum ou não, encomendou já conta.


Mas se você só coleciona mesmo, eu recomendo comprar de terceiros, há um grupo no facebook chamado Vendas e Trocas - Kpop (necessário pedir aprovação pra entrar) em que você pode comprar álbuns semi-novos ou até novos por uma faixa de preço bacana, geralmente eles podem custar de 30 a 120 reais, dependendo do estado do álbum, pois álbuns mais antigos, por mais que estejam conservados, já podem apresentar amarelado do tempo, mas um álbum por exemplo, lançado em 2015, e que o comprador mantém como coleção, provavelmente estará como novo. Nesse grupo há também pessoas que vendem álbuns novos lacrados, custam entre 80-120 reais, alguns com frete incluso e outros não.

Álbuns que comprei de desapego/terceiros em grupos de compras: Sherlock ( o mini álbum vem com 6 photobooks) e o Hello, ambos do SHINee.

Agora, se você não ligar de esperar muito, pode comprar em lojas nacionais de compras coletivas,  ou seja, eles juntam 50 ou mais compradores, encomendam direto com o fornecedor na Coreia, e eles abatem o preço e o frete, os álbuns ficam a um preço de quase que se você estivesse comprando direto de uma loja gringa, mas como é encomenda, eles geralmente esperam todo mundo pagar até X dia, depois vão encomendar com o fornecedor, o álbum pode estar fora de estoque, daí a loja tem de esperar o fornecedor encomendar com a fábrica, e pode se passar 30 dias só nesse processo, pra daí eles enviarem pra loja nacional e assim eles enviarem para os clientes, mas se estiver em estoque, creio eu que em 1 mês a 2 meses se os correios cumprirem com o prazo, você estará recebendo, caso não, pode levar até 90 dias em média.


Mas ok, mas onde posso comprar meus álbuns de kpop?




Mas antes gostaria de convidá-los a participar da campanha nós fãs estamos mobilizando para trazer SHINee ao Brasil em 2017 através da plataforma de show My Music Taste que já trouxe Lunafly ao Brasil e estará levando BTS pra Santiago do Chile, precisamos de 4000 makes para tornar nosso sonho possível e estamos já com mais de 3100 makes, quem fizer make ganha 15% de desconto na compra do ingresso quando houver o show, se conhece algum fã, divulgue! Link para acessar e dar o seu make http://mmt.fans/Ofw
Por favor! Nos ajude participando! 😭


Abaixo vou citar onde comprei e onde conheço que minhas amigas capopeiras também compram, valores médios, tempo de entrega, entre outras observações ;)




Loja sul-coreana que além de produtos de kpop (inclusive OST's de dramas), vende roupas, cosméticos, alimentos entre outras coisas.

Prós: Melhor custo benefício se você que comprar mais de um álbum ou qualquer outro produto da loja, pois acima de 49 dólares, o frete é grátis, nesse valor por exemplo, você pode comprar 4 álbuns. O preço é bem convidativo, cada álbum sai por em  média 45-70 reais, e se você comprar na promoção dos 49 dólares, comprando 4, na cotação do dólar de hoje, você pagaria 40-45 reais por álbum. 

Contras: Aconteceu comigo de encomendar um álbum e eles não estar mais no estoque, a loja se desculpou, me devolveu o dinheiro do álbum e me mandou um bônus de 5 dólares para minha próxima compra. Queria o álbum, mas não foram omissos comigo, mas considerei um ponto negativo.

O envio deles pode levar até 15 dias úteis se o álbum que você quer não estiver em estoque e eles precisarem encomendar da fábrica, uma compra minha levou esse prazo, mas a partir do envio, não levou 15 dias da Coreia ao Brasil, o tipo de frete deles chega bem rápido aqui.

Considerações finais sobre a loja: Tenho 4 compras lá, 2 da promoção de 49 dólares com frete grátis, e 2 avulsas, recebi 2, 1 está aqui no Brasil já, mas é aquele lance dos Correios, só Deus sabe, e outra é recente e só deve chegar em janeiro devido ao grande volume de compras de final de ano, deve demorar. Nas duas que recebi, não fui tributada. Sobre tributação em compras internacionais, leia AQUI e AQUI, compras vindas da Coreia, dificilmente são tarifadas, eu nunca fui, mas pode acontecer em algum momento.




Nunca comprei nesta loja, mas é uma loja muito bem recomendada pelos meus colegas capopeiros, vende álbuns entre outros artigos de kpop, dvds/ost de dramas, vende cosméticos e alimentos também, mas em menor escala.

Prós: Envio rápido, maior variedade de artigos de kpop do que a maioria das outras lojas.

Contras: O frete é caro, dependendo da quantidade que você for comprar, sai até mais caro do que a compra, o recomendável por quem compra lá, é comprar apenas um produto que o frete é mais amigo, mas em grandes quantidades, só se você tiver disposto a pagar caro mesmo ou quiser muito os produtos, porque comprá-los separados não vai ajudar, só encarecer mesmo.


Ebay/Aliexpress/Amazon


São como Mercado Livre da gringa, são vários vendedores, e é necessário, antes de comprar, verificar se o vendedor é bem cotado pelos compradores. Muitos capopeiros compram lá, mas eu só comprei no Amazon, e estou esperando a boa vontade dos Correios entregar. 

Prós: Além dos álbuns, é possível encontrar outros produtos raros do seu artista favorito, principalmente no Ebay e no Amazon, se tiver disposto a pagar. O Aliexpress aceita boleto como pagamento, ou seja, não é necessário ter cartão internacional pra comprar. No ebay, álbuns custam em torno de 60-80 reais já com frete.

Contra:  Ebay costuma ter frete grátis, mas sem rastreio, verifique bem antes de comprar. Aliexpress é mais caro que o Ebay, mas tem rastreio. Amazon na maioria das vezes, além de o produto ser mais caro, o frete pode ser caro também, tem que pesquisar.

Considerações finais; Recomendo se for algo raro ou o álbum estiver em um preço amigo.



Nuyeon Shop/ Haru Haru Shop / Dona Môci/ K-love Store.


São lojas de compras coletivas que minhas amigas capopeiras costumam comprar, eu só comprei na Nuyeon Shop e foi aquele esquema que falei mais acima, tem que ter paciência pra esperar, geralmente elas abrem o período de compras, você reserva, faz o pagamento, daí elas farão a encomenda, nesse processo aí pode levar 20 dias-1 mês, no meu caso, levou 45 dias só pra encomendar os 2 álbuns que comprei junto ao fornecedor, o motivo da demora eu não sei exatamente, mas feito a encomenda, levou menos de 20 dias pra chegar em minha casa, então o saldo foi positivo.


Prós: Preço convidativo, em média 65-90 reais dependendo do que vem no álbum, e o frete é grátis. Possibilidade de escolher o photocard (que geralmente vem nos álbuns) do seu ultimate bias, ou seja, seu membro favorito do grupo. Pagamento facilitado por boleto, transferência bancária e muitas das vezes, cartão de crédito com possibilidade de parcelamento.

Contras: Tem que ter paciência pra esperar o álbum chegar, além do processo da loja, tem os Correios que podem demorar pra enviar pra loja e daí sim a loja enviar pra você.


Grupos de compras/trocas no Facebook.


É a melhor forma pra quem quer o álbum em mãos em 1 semana ou pouco mais, se você morar perto ou em cidades vizinhas, pode combinar de pegar em mãos, evitando o frete caro e boa vontade dos Correios. Não vou fazer nem pós, nem contras, mas farei obervações:


  • Um álbum de kpop  novo em uma loja de compra coletiva nacional, custa entre 65-90 reais já com frete incluso,  você irá esperar pelo álbum, mas ele virá novo. Alguém que comprou um álbum há 3-4 anos atrás, quando a cotação do dólar estava bem menor e quer te vender um álbum por 90 reais, ao menos que ele seja raro, não compensa por motivos óbvios.

  • Nesses grupos, é um hábito comum eles botarem um álbum a venda sem o photocard porque eles põem à venda separado, sendo que o photocard vem junto de qualquer álbum que você compre de uns 4 anos pra cá, acho meio que putaria cobrar 70 reais em um álbum sem card, ainda mais se você quer pra colecionar, pergunte sempre se o álbum vem com photocard de você faz questão, se for um álbum simples, não duplo, e ou sem qualquer bônus a  mais, eu, Ana Clara, não pago mais de 80 reais em álbum (com photocard) semi-novo, e mesmo assim pesquiso bem pra ver se não tem vendedor lá vendendo o mesmo por preço bacana. Pra vocês terem ideia, comprei meu Sherlock e meu Hello, ambos do SHINee, e completos, semi-novos, nunca tocados em aparelhos, por 90 reais no total já com frete, isso mesmo,  os dois. 

  • Dê preferência pra buscar em mãos se o vendedor morar perto, converse antes bem pra sentir firmeza no vendedor, pois se você fizer o depósito na conta dele e eles sumir, ninguém vai te dar dinheiro de volta, no máximo você vai relatar ao administrador do grupo e ele vai banir o vendedor. 

Dicas extras para compras:

  • Ao comprar por cartão internacional em lojas gringas, sempre compre usando sua conta no Paypal, mas por que isso? Por que se acontecer da loja por algum motivo não enviar sua compra ou os correios não entregar e você não conseguir o ressarcimento pelos correios ou pea loja, você tem possibilidade de pedir o reembolso do valor gasto para o Paypal, sua compra lá tem seguro de 6 meses. Mais informações aqui: https://www.paypal.com/br/home

  • Se você quer comprar em lojas gringas, mas não pode, não quer pedir cartão internacional para bancos, você pode comprar um cartão internacional pré-pago visa/mastercard, ele vende em alguma lojas como as Americanas, é só você pedir no caixa, daí você recarrega com o valor que você pretende gastar (que já deve incluir o frete, caso tenha) e pode usá-lo em qualquer loja internacional que aceite bandeira Visa/Mastercard. O Aliexpress tem um cartão no estilo, a Acesso Card também, algumas lugares onde você pode adquirir este cartão AQUI, leiam bem para saber de possíveis taxas que você tem de pagar para ter o cartão, geralmente 10-15 reais mensais ou a cada recarga. 

  • Sempre se informem nos sites onde forem comprar, leiam resenhas, vejam unboxings de quem comprou nessas lojas no Youtube, seja desconfiado, não tive grandes problemas no fim até o momento, sempre deu tudo certo, mas produtos de kpop infelizmente não vendem em cada esquina, tem que importar, daí encontramos a barreira do idioma, sem contar aqueles eventuais problemas que podem surgir se você já comprou online, esteja sempre atento.
Tenho um unboxing no youtube sobre minha primeira compra que chegou da KoreanMall AQUI . Vocês poderão ver como foi embalado, entre mais detalhes.



Vantagem de comprar na pré-venda: Vem pôsteres enormes
para os primeiros que adquirirem os álbuns

O post ficou um pouco maior do que normalmente faço, mas queria compartilhar cada detalhe que tenho em mente pra vocês, pode ter faltado alguma informação, mas como sempre, tem o espaço dos comentários logo abaixo para que eu possa esclarecer duvidas que forem surgindo, fiquem á vontade!




[Resenha] Two Weeks

Boa tarde! Quanto tempo, não é?? Ainda se lembram de mim?? Sim, a My que faz resenhas kkkkk

Quando postei pela última vez, no final de agosto, planejava resenhar uma vez ao mês, pelo menos, ou então publicar algo que já havia escrito e que não tem no blog. Por causa da minha prova de inglês, estudar e blábláblá, lembram? Falei disso na resenha de Joseon Gunman. Falei também que resenharia um j-drama que vi e AMEI.

Só que... não postei desde então. O trabalho, as aulas de inglês, os surtos escalafobéticos com um drama que vi (apenas um), artigos mensais que escrevo para dois sites, os afazeres doméstico, fora a correria do dia a dia, e uma certa "falta de inspiração" para escrever  me impediram de voltar ao blog. Mas aqui estou, finalmente! A resenha do j-drama também não vai demorar.

Tirei dez dias de férias, que começaram ontem. Nesses dez dias, quero escrever essa resenha e mais uma (ou duas), estudar, ver um drama (ou dois), traduzir uma entrevista, uma legenda e ficar de boa. Não estou assumindo compromissos, pois estou de férias, mas realmente quero resenhar, sinto falta de escrever.

Vamos, então, à resenha.
__________________________________________________
Falarei a respeito de um k-drama de 2013 que já vi quatro vezes (sim!), acabei semana passada e já quero rever! Trata-se de Two Weeks.

Primeiro, alguns dados técnicos:

Drama: Two Weeks / 2 Weeks
Hangul: 투윅스
Diretores: Son Hyung-Suk, Choi Jung-Kyu
Roteiristas: So Hyun-Kyung
Emissora: MBC
Episódios: 16
Período de exibição: 7 de agosto a  26 de setembro de 2013
Dias e horários: quartas e quintas-feiras às 21h55
Idioma: coreano
País: Coreia do Sul

Elenco principal
Lee Jun Ki como Jang Tae San
Park Ha Sun como Seo In Hye
Lee Chae Mi como Seo Soo Jin
Kim So Yun como Park Jae Kyung
Ryu Soo Young como Im Seung Woo
Kim Hye Ok como Jo Seo Hee
Jo Min Ki como Moon Il Suk
__________________________________________________
Minha sinopse:

Two Weeks conta a história de Jang Tae San e de sua luta para conseguir manter-se vivo e salvar a vida da filha, Seo Soo Jin, que tem leucemia.

Aos 32 anos, Tae San vive uma vida sem propósito, sem pessoas a quem amar, solitário, com uma existência que poderia muito bem ser extinta do mundo do nada e ninguém se importaria, nem mesmo ele. Vive na casa de um amigo, Go Man Suk, que cresceu com ele no mesmo orfanato. Durante o dia, trabalha em uma casa de penhores. À noite, joga cartas, frequenta boates e faz sexo sem compromisso com desconhecidas.

Mas isso muda quando Seo In Hye, sua namorada oito anos atrás, o encontra inesperadamente e pede para ele fazer um exame de sangue, pois sua filha está doente e precisa de um transplante de medula. Essa menina tem oito anos, o que traz memórias a Tae San: In Hye grávida, ele tendo que terminar seu relacionamento com ela e a obrigando a abortar. Contudo, pelo visto, ela não abortara. Naquela altura da vida, Tae San descobre que é pai de uma menina já crescida, que está com câncer terminal e precisa de uma doação.

Ao descobrir que é compatível com Soo Jin e poderá, assim, doar sua medula, Tae San fica muito contente. Finalmente, vê uma razão para viver. Tudo que precisa fazer é não ficar doente nem pegar infecções durante duas semanas e então a cirurgia será feita.

Ainda no hospital, tem um encontro inesperado com a criança que, inesperadamente, sabe que ele é seu pai. Esse encontro o deixa ainda mais feliz! Embora sinta a tristeza de ter perdido oito anos da vida dela.

No mesmo dia, acontece um assassinato e Jang Tae San é incriminado. Preso em flagrante e banhado com o sangue da vítima, ele fica sem entender porque está sendo acusado de ser o assassino, e por quem.

Ao finalmente descobrir a verdade, Tae San entende que, se permanecer preso, será assassinado na cadeia, pois Moon Il Sook, um líder mafioso cruel e impiedoso, está por trás da trama. Então, quando está sendo levado da delegacia regional para ser interrogado pela Promotoria, o carro se envolve em um acidente e vê nisso a chance para fugir. Com isso, Tae San espera se manter a salvo até a cirurgia que salvará a vida da filha.

Comentário: a sinopse poderia ser resumida na primeira uma linha e meia. Eu não precisaria ter acrescentado nada, mas precisava. Realmente, quando saíram as sinopses oficiais que tinham basicamente a informação que eu dei no início, achei tão vazias e desprovidas de sentido. Mas tudo que falei estão no primeiro e segundo episódios, não há outros spoilers.
__________________________________________________
Opinião e crítica

Esse drama é especial para mim. Tanto que vi em agosto/setembro de 2013 em andamento, em janeiro de 2014, agosto de 2015 e agora em novembro de 2016. Terminei semana passada. Foi o primeiro dorama que acompanhei em tempo real, estava passando por um período conturbado e tumultuoso na faculdade, estágio de manhã e trabalho à tarde, escrevendo monografia, vivendo sob completo estresse. A perspectiva de ver meu ator preferido, Lee Jun Ki, duas vezes por semana, era a única coisa que me fazia aguentar a passagem dos dias. Quis resenhar Two Weeks desde a primeira vez que vi, contudo não consegui em nenhuma das vezes. Então o faço agora.

O que me cativou desde o primeiro episódio foi a química incrível entre os atores Lee Jun Ki e Lee Chae Mi, pai e filha. Os personagens se encontram, de fato, somente três vezes (no primeiro, décimo quarto e último episódio), mas os produtores tiveram uma sacada genial ao fazer com que eles contracenassem episódio após episódio, de uma forma toda especial. Para saber como fizeram isso, assistam ao drama!


  





Além disso, a história toda é uma corrida contra o tempo e consegue te prender do início ao fim, como uma tilha sonora de tirar o fôlego que só ajuda a aumentar a tensão. É o tipo de drama onde os pepinos só são completamente resolvidos no último episódio, e te deixa angustiado querendo saber como a história termina. Tudo que importa é salvar a vida da menina, e ficamos tão presos a isso, e com tanto ódio dos vilões Moon Il Sook e Jo Seo Hee, que querem matar o Tae San a todo custo, que mesmo o episódio durando mais de uma hora, temos a sensação de que se passaram poucos minutos.

Uma coisa que me incomodou um pouco foi que as portas dos carros nunca estavam trancadas. Imaginem a cena: você está sendo perseguido por um assassino frio e calculista. Como último recurso, sem ter para onde fugir, entra em seu carro para tentar se esconder, mas o assassino te vê. Ele vai até o carro, dá um puxão na maçaneta da porta e... abre! Simples assim. Ou seja, você entrou no carro e simplesmente não trancou a porta, mesmo com um assassino na sua cola! Isso foi falha de roteiro, poderiam ter sido mais realistas.

Há mais uma ou duas falhas de roteiro também, mas o drama como um todo é tão completo e bem feito que nos é plenamente possível ignorar. Nada daquelas falhas grotescas que prejudicam uma boa história ou não dão verossimilhança alguma. O trabalho da roteirista, independente desses pequenos detalhes, foi muito bem feito. Ela conseguiu unir todas as pontas, não deixou nada solto ou mal resolvido.

Não falarei muito mais a respeito do roteiro, pois não vi nenhum único outro dorama escrito pela So Hyun Kyung. Quero ver Twenty Again e 49 Days futuramente, dois dramas altamente populares entre os dorameiros. Fora esses, seus outros trabalhos foram: Seo Young, My Daughter; Prosecutor Princess; Brilliant Legacy; So in Love; e She. 

Dois diretores estiveram à frente de Two Weeks. Um foi Son Hyung Suk, que escreveu Personal Taste. Não gostei desse drama, mas mesmo eu não tendo gostado, não posso negar que tal história cumpriu cabalmente o papel a que se propôs desde o início e teve um bom roteiro. Quero ver futuramente o épico Shine or Go Crazy, também do escritor. Quero acompanhar ano que vem, se tudo der certo, seu próximo trabalho, o épico Ruler: Master of the Mask

O outro profissional, Choi Jun Kyu, dirigiu apenas dois dramas além de Two Weeks, que foram Triangle e Horse Doctor. Não vi nenhum deles.

O que prende mesmo, o que nos cativa e torna impossível largar esse drama, é mesmo a trilha sonora perfeita e eletrizante. Não falo aqui apenas das canções, mas das instrumentais também. Ouvindo enquanto escrevo essa resenha, sinto os pelos dos braços e pernas se eriçarem. As imagens do drama vêm à mente e é difícil controlar o ímpeto de parar de escrever e correr para o Drama Fever ver tudo de novo. Se quiserem sentir um pouco do que estou falando, confiram esse vídeo do OST instrumental:
  

Além disso, as músicas cantadas também arrasam! As melhores, para mim, são três. Foi difícil escolher só três, pois amo as sete. O que acham?


This Is the Person - Dick Punks

 
Turning - Toxic

Run - Nell

O personagem que dominou o drama inteiro foi, sem dúvida, Jang Tae San. Um homem imperfeito. Aliás, cheio, lotado de defeitos. O primeiro episódio de Two Weeks deixa isto claro, e aos poucos vamos descobrindo-o além do cafajeste. Foram "duas semanas" que fizeram-no crescer e amadurecer como ser humano. E episódio após episódio, vemos como ele é um homem frágil, sozinho e tamanha força física e mental que guarda dentro de si. Eu me apaixonei por este personagem. Não é só um bom ator, mas um bom personagem criado por um bom escritor que torna um dorama realmente bom.

Sim, ele me ensinou muitas lições. A maior de todas é aprender a valorizar a vida. Passa duas semanas fugindo, a fim de proteger a si mesmo e a vida de quem ele mais ama: sua filha. Ele luta com todas as suas forças, e mesmo quando pensamos que a morte é certa, faz como o Simba de O Rei Leão, ri na cara do perigo. Faz coisas que a gente nem imagina para continuar vivendo.

Outra lição: aprendeu a enfrentar o medo. Mesmo morrendo de medo, continuou lutando. ELE NUNCA PENSOU EM DESISTIR. Pois além da vida dele, era a vida da filha em jogo, e isso dava ao Tae San o gás necessário para prosseguir, mesmo quando a depressão falava mais alto e ele chorava completamente desconsolado, perdido e solitário. 

E outra: ele aprendeu que o amor também é gratuito. O amor de sua filha por ele brotou, mesmo que por oito anos ela sequer o tenha conhecido. Eu quase infartei na hora que ela agradece a ele, do outro lado do vidro da sala asséptica (para poder fazer a cirurgia para receber a medula, estava fechada numa sala contra qualquer tipo de infecção) por ter nascido, por ele ter feito com que ela viesse ao mundo. É muito emocionante!

Por último, mas não menos importante: ele foi coerente até o fim. Nada de mudanças num passe de mágica para Tae San. Ele se tornara um ser humano melhor em duas semanas, mas sabia que teria que corrigir os erros acumulados por oito anos, pois mesmo que ele tenha sido perdoado, os erros ainda existiam, e as consequências dos mesmos. Não era somente doar a medula pra filha e pronto, todos os problemas estavam resolvidos~

Uma outra grande lição nos foi passada pela Seo In Hye, a mãe da Seo Soo Jin e ex-namorada do Tae San. Ela me ensinou, ao Tae San e, espero, ensine a vocês, que o perdão é gratuito, e mesmo com "apenas" duas semanas, ele vem apagar as máculas de oito anos. 

Essa personagem também me marcou muito. Ela provou que o amor e a confiança que podemos dar a alguém é o suficiente, muitas vezes. Amar e confiar quebram qualquer orgulho, ainda mais quando a vida da filha está em jogo. Ela se mostrou capaz de confiar e amar, uma pessoa que a traíra da forma mais vil há oito anos, e soube perdoar.

  
E vamos falar um pouco do pior vilão que Lee Jun Ki já enfrentou em um dorama. Essa é minha opinião, claro. Falo do Moon Il Sook, um pseudo-empresário que é, na verdade, líder de uma antiga e forte organização criminosa. Tae San trabalhava para ele e foi preso em seu lugar duas vezes no passado. Mas o rapaz era somente "protegido" do Moon Il Sook porque foi recolhido das ruas por ele quando era um adolescente sem família, mas não era como o chefe, não matava nem fazia maldades. 

Ao contrário, por ser tão ingênuo e bom, o gangster achava que era um idiota sem valor e se via no direito de fazer o que quisesse com sua vida. Sério, eu fiquei com tanto ódio que, por algum tempo, odiei também o ator e me esqueci do pai do Lee Geom em Iljimae, o adorável Lee Won Ho. 

Jo Min Ki em Iljimae, 2008

Jo Min Ki em Two Weeks, 2013


Há outros personagens que também vale a pena citar. Jo Seo Hee é uma senadora aclamada pela massa, querida por todos e que pode se tornar a prefeita de Seul. Mantém, há anos, uma relação de interesse mútuo, baseada no dinheiro, com Moon Il Sook. Park Jae Kyung é a promotora pública responsável pelo caso de Jang Tae San e tenta provar, desde que seu pai foi assassinado por Il Sook há oito anos, que ele e a senadora trabalham juntos. Im Seung Woo é o detetive da delegacia regional que prende Tae San em flagrante, também é o noivo de Seo In Hye. E, claro, Seo Soo Jin, a menininha de oito anos com leucemia que precisa de uma doação de medula óssea, filha de In Hye e Tae San.

Pontos positivos
- o roteiro é movimentado e faz você querer ver os episódios um atrás do outro. A forma como a história é construída, um dia por episódio + dois episódios que mostram um pouco o antes e o depois, te prende a cada segundo. Quando o episódio está acabando e aparece a Seo Soo Jin marcando os dias que faltam para a cirurgia, tudo que você consegue pensar é que essa menininha adorável PRECISA viver.
- a atuação de todo o elenco é impecável, especialmente do meu amor Lee Jun Ki, que faz o papel de Jang Tae San.  Ele fez todas as cenas de ação, colocando seu corpo e integridade física em jogo, para tornar as cenas mais reais. Deu tudo de si para interpretar esse pai desesperado para salvar a vida da filha.
- Jo Min Ki é outro ator que atuou de maneira memorável. Incorporou o vilão e me fez odiá-lo profundamente.
- Lee Chae Mi é muito fofa, linda e graciosa ♥
- A perfeita combinação de OST, roteiro, direção, figurino e atuação e tudo o mais fez desse drama o melhor que já vi!

Pontos negativos
- pequenas falhas de roteiro, especialmente na hora de trancar as portas dos carros e em alguns outros momentos
- fuga um pouco forçada, porém sabemos que se trata de um drama e dramas SEMPRE forçam a barra em algum ponto
- porém sabemos também que, quado somos colocados em uma situação de vida ou morte, tiramos força e persistência "sabe-se lá de onde", uma força que sequer suspeitávamos que pudesse existir em nós
- só isso
- um crítico de verdade descobriria mais pontos negativos, mas para mim esse drama beira à perfeição!!
__________________________________________________
Conclusão:
K-DRAMA RECOMENDADÍSSIMO, em um cumprimento ideal, nem mais nem menos, com um final perfeito. Contudo, nunca fiquei com tanta vontade de ver uma segunda temporada de um dorama coreano! "Espero" a segunda temporada de Two Weeks até agora, e olha que o final foi muito lindo ♥ mas dele sim, acho que valeria a pena uma nova temporada inteira, outros 16 episódios, para então contar uma história inteira dessa vez. Afinal, "duas semanas" nem de longe contam a história de uma vida~

Nota:
10,00

Onde ver:
Online no Drama Fever (Premium) e no Viki
Download no Siwon Fansubs

My *-*

Reflexões de uma dorameira: Trouxas em dramas




Olá, dorameiros e dorameiras!


Em breve completarei um ano na vida de dorameira. Não devo comemorar na Coreia do Sul, mas, sim, escrevendo texto para o blog comendo miojo (mas do coreano já que achei uma mercearia aqui no Rio de Janeiro que vende)..rs



Por mais que seja uma diversão, eu procuro sempre ou tirar alguma lição de cada dorama, pois sempre há aquela frase marcante ou comportamento e em alguns fico mais pensativa e em outros não. Full House(link aqui) foi um dos que eu comentei aqui no blog até.

Logo no meu comecinho de dorameira, eu assisti ao dorama "Secret/Secret Love". Pensei sobre a atitude da protagonista, mas foi coisa que passou. Mas quando há pouco tempo assisti ao "Nice Guy/The Innocent Man", eu só consegui pensar em uma palavra: TROUXA!
Trouxa do início ao fim e trouxa eu de ter achado que pelo menos o fim do dorama seria decente.

Secret Love (2013)

Passado o desabafo da palavra "trouxa" (eu precisava...rs), veio o questionamento de qual o limite do amor e/ou da amizade. Em ambos os doramas, a atitude dos protagonistas foi a de assumir um crime que não cometeram como prova de amor. Talvez assumir um crime que não cometeu seja o auge de ajudar um amor e/ou um amigo.

Não creio e nem considero justa tal atitude. É egoísmo de quem pede esse tipo de ajuda ou a aceita. Mostra que não merece o amor daquela pessoa. Tanto não merece que em ambos os doramas já na sinopse mostra que a vida seguiu muito bem para o verdadeiro criminoso. Ademais, não é só a pessoa que vai sofrer no lugar da outra, mas também os amigos, os familiares pensando que seu ente querido é um criminoso ou então tendo que calar e observá-lo pagar por algo que ele não fez.

Nice Guy (2012)

Como citei, assumir um crime que não cometeu é praticamente o auge de uma chamada "prova de amor", mas no dia a dia se não passou conosco, já vimos ou ouvimos relatos do tipo "se você me ama, vá a tal lugar comigo; se você me amasse, não falaria com fulano, não usaria tal roupa, etc." Muitas vezes para evitar conflito e por não ser "nada de mais" o outro acaba cedendo. Ceder em algumas situações faz parte do relacionamento e do convívio a dois. Devemos nos ater para quando esse ceder não é acabar por ser uma forma de chantagem emocional, de fazer algo que não queremos, ou, em casos extremos como nos doramas em questão, assumirmos algo que não fizemos para levar a culpa no lugar do outro.

Há diversas formas de se apoiar uma pessoa que fez algo errado como estar junto, conversar, visitar na cadeia se for o caso. Estar "ao lado" e não "no lugar". Isso é mostrar amor, amizade e ao mesmo tempo se respeitar.

A título de conhecimento, aqui no Brasil autoacusação falsa é crime previsto no Código Penal:
Art. 341 – Acusar-se, perante a autoridade, de crime inexistente ou praticado por outrem:
Pena – detenção, de três meses a dois anos, ou multa.

Abraço a todos.

Paty

Especial Halloween: Indicações de filmes de terror



Olá dorameeeeeeeiros!



Já estou há tanto tempo sem postar que deveria já chegar tirando as teias de aranhas do blog, maaaaas como as teias combinam com o clima do Halloween, vou deixar assim mesmo XD cara de pau define

Sempre amei filmes de terror, junto com drama, são meus gêneros favoritos e contam como critério de desempate quando estou escolhendo algo para assistir, sou fã desde criança mesmo, filmes de terror com serial killers e entidades do mal são meus preferidos.

Já que estamos na véspera dos dias das bruxas, resolvi fazer uma coletânea de tudo que eu acho que se encaixa no gênero e  que já passou aqui pelo blog. Como pessoa trevosa que sou, a lista é grande e provavelmente vai agradar a todos os gostos, meu critério principal foi que os filmes e os doramas, tivessem algo de sobrenatural. Pra acessar os posts, basta clicar no título do filme/dorama que abrirá a sinopse e onde você pode encontrar, pode acontecer dos links para download estarem fora do ar, mas todos são encontrados com alguma facilidade na internet para baixar ou ver online ok ? Vamos a minha coletânea básica de horrores ^^







































Todos os presentes na coletânea têm selo de qualidade meu ou por alguma outra companheira de blog, uns são muitos bons, outros bons e outros regulares, mas são todos assistíveis. Mas Ana, qual desses você recomendaria de olhos fechados? Mourning Grave e The Priests, esses dois são clássicos, imperdíveis e já vi mais de uma vez. VEJAM!

Recomendo que leiam as resenhas e façam suas escolhas, e se possível, voltem aqui pra dizer o que acharam ;)


Por hoje fico por aqui, mas já estou pensando em algo para o dia dos finados, quem sabe e minha preguiça deixar... em breve voltarei!











A Good Rain Knows (2009)





Olá dorameeeeeeiros!



Parece que a cada dia o site de streaming Netflix tem colocado mais filmes orientais em seu portfólio, a maioria chinês de artes-marciais, que eu já não assisto tanto quanto antigamente, e de comédia romântica. O filme que eu escolhi para assistir dessa vez foi A Good Rain Knows, protagonizado pelo astro sul coreano Jung Woo Sung (A Moment to Remember) e a atriz chinesa Gao YuanYuan (Shangai Dreams) e hoje falarei um pouco sobre ele.





Sinopse: Dong-ha (Jung Woo Sung) é um homem de trinta e poucos anos e coreano, está em uma viagem de negócios para Chengdu , na China, onde sua empresa está realizando projetos de construção para reconstruir a cidade após o terremoto de 2008 . Lá, totalmente por acaso, ele encontra uma velha amiga de seus dias de faculdade nos EUA , chamada Mai (Gao Yuan Yuan) que é originalmente de Chengdu que voltou pra China depois da graduação e agora trabalha como guia turístico. Dong-ha e Mai foram, talvez, mais do que amigos e tinham sentimentos um pelo outro, mas eles se separaram antes de terem a chance de declararem seu amor. (Wikipedia)


Título Romanizado:  Season Of Good Rain / A Good Rain Knows 
Original: Howoosijeol
Hangul: 호우시절 
Diretor: Hur Jin-Ho 
Roteirista: Hur Jin-Ho, Lee Han-Eol 
Produtor: Kim Chul-Soo, Kim Jin-A, Lim Hee-Chul 
Cinematografia: Kim Byung-Seo 
Estreia: Outubro de  2009 
Duração: 100 min.
Gênero: Romance 
Distribuidor: Next Entertainment World 
Idioma: Korean
País: South Korea





Apesar de ter sido gravado praticamente todo na China, a Good Rain Knows é uma produção coreana que de início era pra ser um curta-metragem chamado "Chengdu, I Love You", eu sinceramente acho que pelo andar da história, poderia ter ficado como curta mesmo. 

Ainda que com bom plotGood Rain Knows é um filme bem lento, com poucas pessoas no elenco (basicamente 3), e gira todinho em torno do casal, não há histórias paralelas, e com duração de aproximadamente 100 minutos, dava pra ter ficado bem melhor em um curta de uns 30 minutos.

O casal Mai e Dong Ha até que tem química, mas a história deles não anda, não engatinha, e quando parece que vai pra frente, se perde em motivos repetitivos o tempo todo, que anteriormente levaram a ruptura do casal. Sim, pode ser questão de gosto, mas para um filme ser puramente de romance, não ter drama, comédia, ou algum suspense pra te fazer ficar parado em frente a tela por muito tempo, eu achei forçado, até surpreendeu que foi um filme de bastante sucesso na Coreia no ano em que foi exibido, vai ver sou eu a chata mesmo, sei lá kkkkk






Se eu recomendo? Pra quem gosta de algo leve, não quer esquentar a cabeça e gosta de filme mamão com açúcar, pode achar um prato cheio, caso contrário, passe longe, se está de olho em produções asiáticas no netflix no gênero romance, recomendo A rainha da noite.

Nota: 5/10




Uma hora dessas vou parar pra assistir algum dorama por lá, comecei a assistir Good Morning Call, mas achei meio mais do mesmo, não sei se vou retomar, porém achei que o menu tem bem interessante lá. Clicando no lado direito aqui da página na tag "netflix", tem o que está disponível lá e tem resenha ou dica aqui no blog ^^



Por hoje vou ficando por aqui, até mais o/




Ji Soo pode voltar ao drama mais cedo do que esperado

Boa noticia para os fãs do ator Ji Soo!




Há alguns dias, a talentosa estrela em ascensão Ji Soo passou por uma cirurgia de emergência para osteomyeletis aguda (inflamação óssea causada por infecção, geralmente nas pernas, braços ou coluna vertebral), depois de ser levado para o hospital com dor excruciante na perna.

Em 23 de setembro, a produção do drama Fantatic realizou uma conferência de imprensa para discutir o atual estado de saúde do ator e sua posição no drama. O produtor Song Won Seob disse: "A condição de Ji Soo melhorou consideravelmente. Ele está mostrando desejo de voltar rapidamente ás gravações".

O drama Fantastic, atualmente no ar pela JTBC é sobre So Hye (Kim Hyun Joo), popular roteirista de dramas que descobre que tem uma doença terminal.



Ji Soo desempenha o papel do advogado Kim Sang Wook que se apaixona pela Baek Sul, personagem da Park Shi Yeon, uma mulher cuja personalidade alegre e confiante foi suprimida por uma sogra terrível e um marido infiel. Os fãs ficaram comovidos com a doce paixão de Kim Sang Wook pela Nonna do drama e chocados com o súbito problema de saúde do ator. Felizmente ele pode voltar para a tela, mais cedo do que o previsto. 

Foi revelado que os scripts para episódio 7 e 8 foram modificados para se adequar as cenas sem o ator. No entanto, a produção do drama confirmou que as cenas que não conseguiram filmar serão transferidas para episódios posteriores. A equipe de produção está esperançosa de que o ator vai fazer uma recuperação completa e rápida e aguarda ansiosamente o seu regresso para definir cronograma. Enquanto isso, as filmagens vão continuam normalmente para o resto do elenco.

Fonte: Dramabeans/Soompi